xeroderma pigmentosum é uma das doenças de pele mais raras caracterizadas por ultravioleta grave (UV) fotossensibilidade luz

é devido a desordens genéticas que levam para fazer a pele têm assim a sensibilidade à radiação ultravioleta e isto pode ser doença de pele perigoso afectar as crianças

xeroderma pigmentoso causa:

mutações nos nucleotídeos excisão grupos de complementação reparo e são: 7 de xp para xp-A-G e não no reparo do DNA após o sol dammage da pele

complicações xeroderma pigmentoso:

1 – aumento da frequência de carcinoma de células escamosas

2 – aumento da frequência de carcinoma basocelular

3 – aumento da frequência de melanoma

4 – câncer de pele pode desenvolver na primeira década de vida, especialmente na cabeça, face e pescoço

5 – problemas oculares, como opacidades corneanas e pode levar à cegueira

6 – pode ser desenvolver câncer de boca e língua (ponta da língua)

7 – problemas neurológicos

O diagnóstico de testes xeroderma pigmentosum:

pela história e clínicos testes moleculares para xp-a e xp-c

que pode obter xeroderma pigmentoso:

é raro e relação entre 1:1000000 e pode acontecer em todos os países como EUA, Japão, África do Norte e Oriente Médio e podem desenvolver câncer antes dos 10 anos e problemas mais comuns com olhos e exposição ao sol e pode afeta homens e mulheres

sintomas xeroderma pigmentoso:

xeroderma pigmentoso passar por 3 fases de características clínicas

primeira etapa: onde o paciente entre a idade 1 e 2 anos e desenvolver hipersensibilidade a exposição ao sol com aparência de sardas em dom área exposta e eritema como área pigmentada e escamas na pele

segunda fase: vem com problemas de pele chamado poiquilodermia que é cosist de atrofia da pele, talengiectasis com hiper e hipopigmentação ao sol área exposta

terceira fase: aumentou o risco de neoplasias malignas da pele antes dos 20 anos como mencionamos antes, o que pode ser de 1000 dobras do que quaisquer problemas de pele

problemas oculares:

é muito comum em pacientes com xeroderma pigmentoso e pode ser

1 – fotofobia

2 – opacidades corneanas

3 – cegueira

4 – ectrópio

5 – conjuntivite

6 – massas inflamatórias

7 – pode ser levar a destruição completa das tampas

8 – visão prejudicada

problemas neurológicos:

xeroderma pigmentoso desenvolver em alguns pacientes neurológicos como disoreders

1 – diminuição ou ausência de reflexos profundos

2 – alta freqüência de perda auditiva

3 – deficiência intelectual e perda de controle motor pode acontecer

xeroderm tratamento pigmentoso:

até agora nenhum tratamento específico para a cura xeroderma pigmentoso, mas o diagnóstico precoce é tão importante para evitar o desenvolvimento de câncer de pele, o tratamento principal deste problema de pele é o de educar paciente e dar proteção solar máxima especialmente em áreas de exposição solar

1 – remoção cirúrgica de câncer de pele e excisão de tumores de pele

2 – retinóide oral pode ser usada para evitar ou reduzir cancros da pele em desenvolvimento

3 – olho acompanhamento é muito importante

4 – enxerto de pele podem ser utilizados para área da face

5 – flourouracil 5 tópica

dicas de proteção solar para xeroderma pigmentoso:

1 – usando roupas de proteção

2 – usando chapéus de proteção para cabeça

3 – UV de absorção de óculos de sol com proteção lateral

4 – uso tópico de sol bloqueadores com FPS-30 ou mais e colocá-lo em dom área de exposição a cada 2 horas

5 – UV de absorção de filmes e filtros podem ser colocadas sobre as janelas

6 – visitar seu dermatologista para remover todos os cânceres de pele

7 – Os níveis normais de vitamina D pode ser mantida por suplementos orais de vitamina D, pois é importante

8 – níveis normais de ferro pode ser mantida por suplementos orais de ferro como é importante

9 – boa dieta é importante para a pele saudável

/div rel=